Tecnologias da Reabilitação e Conservação

Reabilitação e autenticidade; conservação arquitetónica e critérios de intervenção. Estratégias de intervenção pouco intrusiva; anatomia, materiais e técnicas construtivas em edifícios antigos. Patologias estruturais e não estruturais: classificação das anomalias; levantamento, caracterização e diagnóstico: análises, planeamento das inspeções e ensaios. Conceção e projeto das intervenções de reabilitação estrutural e não estrutural: requisitos, métodos, estratégias de intervenção, materiais e soluções. Impacto ambiental dos produtos para a reabilitação. As especificidades da cultura da construção pré-industrial; técnicas e materiais construtivos ancestrais; superfícies, revestimentos e cores; tecnologias ancestrais versus tecnologias contemporâneas. A reabilitação de edifícios: recuperar o que é recuperável e projetar a beneficiação necessária às novas e atuais exigências de desempenho, de segurança e de conforto. A construção no construído justificada por motivações ecológicas, económicas e de “upgrading” funcional. A reabilitação urbana e ambiental à escala da cidade e a relação dos conjuntos edificados com o contexto paisagístico.